House – Prontuário eletrônico do paciente móvel para tablets

Projetado por: Carina Caye Branco –

Sistema de Prontuário Eletrônico completo, que reuna dados do paciente tanto durante a sua internação e hospitalização, como dados de toda a sua vida.

Este trabalho foi desenvolvido pela aluna Carina Caye na cadeira de Projeto 4. Consiste em um prontuário eletrônico para tablets. Uma das principais vantages da evolução das diversas tecnologias é a sua aplicação no cotidiano das pessoas, principalmente quando elas representam a evolução de certas tarefas que consumiam muito mais tempo e espaço de serem realizadas. Este é o caso do Prontuário Médico do Paciente, que antes de ser introduzido no mundo da medicina de forma eletrônica, exigia não só uma quantidade expressiva de papel e tempo de serem completados, mas também um largo espaço de armazenamento. Dessa forma, através de sistemas de diferentes aprofundamentos, surgiram os PEPs: Prontuários Eletrônicos de Pacientes. Mantidos em um servidor, eles tomaram conta do cenário hospitalar mundial, permitindo uma maior agilidade de execução no cotidiano de funcionários deste setor.

Além disso, outro grande fator é o acesso remoto: o médico pode resolver um problema apenas acessando o sistema de sua casa, evitando assim o tempo perdido em deslocamento. Dessa forma, ele assim pode acompanhar o progresso do paciente à distância, podendo analisar exames que venham a ficar prontos fora de seu turno, ou ainda, atendo à chamadas de casa.

Além disso, é de grande importânica para o paciente possuir seu histório médico em um único sistema. Assim, ele pode acessar o sistema como paciente e ver todos os seus tratamentos, problemas, e doenças, ajudando o médico no diagnóstico de futuras doenças, esteja o mesmo consciente ou não. Isso além de promover agilidade no tratamento, ainda previne em alta porcentagem erros médicos eventuais por falta de organização ou informação.

Outro fator a ser considerado é a popularizam dos smartphones de tablets na classe C. Estes movimentos refletem a ampla aceitação da informática pela grande parte da população, além de mostrar que é uma geração muito mais sucetível ao aprendizado de novas formas de tecnologia do que antigamente. Ou seja, é uma geração que prefere a informática ao papel, e que não ve nela uma desafio ou algo que imponha dificuldade. Assim sendo, o incentivo para a aplicação de um sistema assim em um hospital, por exemplo,se torna muito mais favorável, e aceitável.

Wireframes

Os wireframes foram concebidos utilizado o organograma do sistema, levando sempre em consideração o dinamismo, a leveza e a mobilidade. Desde o início do projeto, o sistema teve o objetivo de ser rápido, e ágil, e ser diferenciado quanto à organização do conteúdo. Foi estudado principalmente a interação entre o usuário e um iPad como produto, e levado em consideração os movimentos utilizados em jogos neste console. Desta forma, o resultado foi um sistema dinâmico, fluido, que se inspira em interfaces modernas e utiliza inúmeras soluções de navegação, como scroll de ambos os sentido, escurecimento de tela, e um formato de organizacão que difere o touch screen de um simples mouse.

Historico medico

Histórico Médico

Historico medico

Histórico Médico

Historico medico

Histórico Médico

Historico medico

Histórico Médico

Estética

O nome do aplicativo, mesmo em seu estágio inicial de estudo, ficou sendo House, fazendo um parelelo com um dos personagens médicos mais conhecidos da televisão. Sua perspicácia e estudo para chegar nos resultados de seus diagnósticos sempre foram pensados para o resultado do sistema.
A identidade visual, portanto, foi criada para que sua aplicação sempre seja em fundo ecuro, ou seja, sua versão negativa.
A família tipográfica escolhida foi a Adelle, por ser uma fonte com serifa, de alta legibilidade. Além disso, sua mancha gráfica é muito agradável. As cores, sempre usadas em gradiente, foram inspiradas tanto no verde, quanto no azul, por representarem serenidade, tranquilidade, e serem muito utilizadas por sistemas médicos, e inclusive hospitais. O gradiente
conferiu à identidade um ar de tecnologia.

Historico medico

Histórico Médico

Historico medico

Histórico Médico

Agenda

Histórico Médico

Agenda

Agenda

2 comentáris »

2 comentários to “House – Prontuário eletrônico do paciente móvel para tablets”

  1. Parabéns, Carina!

    Muito legal seu trabalho. Precisamos dar um jeito de levar essa ideia adiante, pois com certeza, iria provocar uma mudança drástica para positivo nesse cenário médico do Brasil.

    Imagina essa ideia sendo adotada no SUS?
    Todo mundo iria ganhar com isso.

    Parabéns!

  2. Para aqueles profissionais que procuram um prontuário eletrônico de pacientes gratuito, sugiro utilizar o Portal Saúde Direta (www.saudedireta.com.br). Neste portal temos, além de um rápido e excelente prontuário de pacientes full web, acessível por qualquer dispositivo fixo ou móvel, temos também milhares de outras informações úteis para o dia a dia do profissional. Temos protocolos, algoritmos de tratamento, diretrizes médicas, medicamentos, fármacos, links de saúde, relação de laboratórios farmacêuticos, laboratórios de análises clínicas, e muito mais.

    O Portal Saúde Direta existe há 5 anos, ininterruptamente, e já tem mais de 3.000 profissionais cadastrados. Vale a pena conferir.

Deixe um comentário